Os 5 tipos de peidos

Pois é rapaziada, os peidos. As famosas flatulências, pra quem manja do vocabulário ou paga de Pasquale. Pra quem peida, é um prazer inigualável. Trocaria um prato de comida por 10 peidos, na boa. Mas pra quem recebe o cheiro do peido do criminoso, é uma desgraça olfática (vem de olfato, sacas?).

Mas nem todo peido é tão fedorento assim. Depende da pessoa, da situação, e do que essa pessoa ingeriu durante o dia, claro. Juntando tais características, pude constatar que existem 5 tipos de peidos. Coisa linda de post.

Pegue aí uns repolhos, uns Doritos, uns Diamante Negro, pra acompanhar o post e quem sabe testar a potência da sua flatulência!

ARME SEU CU!

Começamos com o que costuma ser o mais casual, e o mais educado, o PEIDO SILENCIOSO, aquele que só os que tem vergonha do seu próprio dom, executam. Esse tipo de peido pode ser usado em duas ocasiões: pessoal de boa índole que não querem atrapalhar a vida de ninguém, nem causar traumas ou alguma espécie de peidofobia, ou pessoas de má índole, que não fazem barulho nos seus flatos, mas o cheiro é tão insuportável quanto outros peidos mais gritantes (peidos gritam?).

É um peido bem recebido na sociedade se não cheirar tão mau. Mas os BADASSES desse mundo fazem deste modo de peido, um dos mais crueis. Bem típico daquele teu amigo que lança o “torpedo”, olha pra tua cara, e em três segundos tu percebe o aroma de repolho podre no ar!

Agora, vamos ao PEIDO DESMORALIZADOR, aquele que desmonta toda uma conversa entre amigos, desmonta amassos entre namorados ou amantes sujos, acaba com uma discussão, acaba com um desenrolo, acaba com a paz mundial, a porra toda. Consiste em uma das pessoas da conversa, ou até mesmo um terceiro que chega por fora, soltar o flato gritante, daquele que só falta falar “CALEM A BOCA” com o som da parada. Não importa qual seja o assunto (a não ser que estejam falando sobre peidos, não é verdade?), ele será bloqueado após um desmoralizante desses.

Todos ficam calados, impressionados com a fugacidade das nádegas do dono do flato. Feliz mesmo está o próprio, após acabar com um diálogo. Por vezes, é até interessante o uso do desmoralizador, pois o assunto pode ser tão “merda” que até um peido é mais interessante!

Só pra deixar claro que não sou contra os peidorreiros deste mundo

Vamos ao agora peido DEMOLIDOR, aquele bem sem educação mesmo, o destruidor de lares, o causador de guerras e xingamentos. É aquele que é previamente anunciado pelo dono da bomba, mas não adianta escapar. É uma fração minúscula de segundos entre o “VOU PEIDAR HEHEHE” e o “NÃÃÃÃO FDP DESGRAÇASADFNSDJFBNG MERDAAA”, entende?

Só os big trolls do seu grupo de amigos ou familiares executam esse tipo de atrocidade. É aquele que não poupa nada. É barulhento, e bem, mas BEM FEDIDO.

Os peidorreiros mais experts, usam da sua experiência para usar algo que eu chamo de skill “fast repetition”, que consiste em soltar vários destes em um intervalo de 5 minutos, para que a tortura seja digna de ser usada em presídios americanos.

Esse tipo de peido é capaz até de quebrar vidros, talvez. Capaz de tu parar com a cabeça enfiada no teto se soltar um sentado na cadeira!

peidando hard

O que falar do PEIDO SEM QUERER? Pode ser executado por pessoas delicadas, criancinhas inocentes que nunca foram molestadas por pedófilos gordos de 47 anos. Elas peidam e ficam com vergonha, colocam a mão na boca e soltam um risinho. 80% desse tipo de criança, torna-se um peidorreiro após alguns anos de treino hard no banheiro (escolinha de flatos) .

Pode ser um “sem querer querendo” cometido por pessoas de má índole, ou viciosos, como já diziam nas aulas de Filosofia. Mas nunca saberemos, e vocês nunca saberão. Vocês, sim, vocês que já tiveram o prazer de sentir o meu cheiro de blogueiro podre.

E por último, mas não menos fedorento, o PEIDO GRUPAL. Quando os amigos mais tóxicos se juntam, e um deles dá o primeiro “tiro”, fudeu. Torna-se saudável peidar, e liberar o ar para que os outros possam avaliar e dar uma nota de “fraco” a “TU TÁ PODRE HEIN XDDD”. Mas claro, a graça é cada um ir soltando o seu, e rir do próprio cheiro.

Talvez, o peido grupal seja o menos nocivo á sociedade, pois o cheiro acaba ficando entre os participantes desta gincana cheirosa. Portanto, se tu ver uma penca de pessoas juntas rindo em uma roda, sem falar muita coisa…não se aproxime! Ou pode ser uma roda de cracudos, ou de peidorreiros!

BEM SUSPEITO

Finalizando aqui o post, siga o conselho de uma das imagens do post…PEIDE FELIZ! Até a próxima! Por favor, não deixem de soltar seus flatos e defecar pela boca  comentar no post! Obrigado.

About these ads

Sobre Matheus Alonso

VSF ADELAIDE
Esse post foi publicado em Ócio e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Os 5 tipos de peidos

  1. LOL. Mt foda o blog!!
    Ai cara,será q tu pode entrar no meu blog e ver o q tu acha?

  2. Debinha disse:

    só uma coisa. Segundo meu professor de química(sim, ele falou de peido na aula), o peido silencioso é um perigo. Os gases mais leves saem primeiro, de forma que os mais densos(e fedorentos, que tem enxofre e essas merdas todas) que saem depois são do tipo desmoralizador.

    Portanto, se é para peidar, peida direito (:

    (comoqueimaropropriofilme.com)

  3. annuxota disse:

    um dos mais perigosos é aquele que engana tu mesmo. Acha que vai soltar um peidinho e voi lá, vem mais coisa….

    (me contagiei com esse seu humor nojento u_u)

  4. caio (dr. rancheclutis) disse:

    existe uma linha tênue entre o gasoso e liquido, quem chega nessa “linha” é um alquimista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s